Glow News
Instagram Glow NewsYoutube Glow NewsTikTok Glow NewsFacebook Glow NewsTwitter Glow News
Famosos » Violência Doméstica

Desabafo! Pamella de Holanda diz que não tem onde morar e acusa DJ Ivis de querer taxá-la de 'louca'"

A influenciadora disse que não irá se calar e usou as redes sociais para comentar os recentes acontecimentos

Redação Publicado em 23/07/2021, às 13h59

Reprodução
Reprodução

Nesta sexta-feira, dia 23, Pamella Holanda usou as suas redes sociais para comentar os recentes acontecimentos do processo entre ela e o DJ Ivis, acusado de violência doméstica.

O processo começou no último dia 11, quando passou a circular na internet vídeos do artista agredindo Pamella Gomes de Holanda, sua ex-esposa. Durante as filmagens, o DJ desfere chutes, socos e empurrões na mulher em frente à filha do casal, uma bebê de 9 meses. Desde então DJ Ivis foi preso e teve dois pedidos de habeas corpus negados. Sua defesa, em uma suposta tentativa para liberar ele da prisão, divulgou um vídeo no qual Ivis e Pamella discutem e ela comenta que "sumir" seria melhor do que conviver com ele.

Além de tentar a soltura do cantor, a divulgação dos áudios pode ter o intuito de levar a Justiça a retirar provisoriamente a guarda da criança da mãe até que se constate um ambiente seguro e saudável para a menor.

Com tantas reviravoltas, a jovem se pronunciou sobre essa polêmica e deixou claro que não irá se calar sobre toda a violência sofrida em seu casamento. Segundo Pamella, o intuito da liberação desses áudios seria descredibilizar suas denúncias e fazê-la passar por “louca”.

"Eu sempre soube que algumas coisas que estão sendo veiculadas iam ser usadas contra mim. Era do meu conhecimento. Era uma das razões pelas quais eu tinha medo de me separar do Ivis. Na terça-feira eu recebi uma ligação de um dos advogados dele, um dos que tem mais proximidade dele. Me ligou para ler uma suposta carta que o Ivis tinha escrito para mim. Nessa carta ele tenta apelar para o emocional, fala o quanto tem sido difícil. Falou também um pouco da Mel (filha), mas muito pouco. No final, me pediu perdão", contou ela, que disse não ter se solidarizado com a situação do ex-marido.

“Eu já sabia que iam fazer isso. Ontem foram misteriosamente vazados áudios de brigas minhas com ele. Eu sempre soube desses áudios, porque ele sempre gravava as nossas brigas. Filmava, produzia. Produzia defesa para ele, porque sabia que estava errado, e que também ia ser descredibilizado. Contra fatos não há argumentos, contra imagens também não. Ele apagou as imagens da última casa em que moramos, mas meus advogados conseguiram recuperar. Tem ele me ameaçando com uma faca, algumas gravações e áudios de ele falando que vai mandar me matar. Que já estava há um ano se planejando para se separar de mim, que não tinha nada no nome dele, nem casa, nem carro e nem nada. Eu sempre soube que a defesa dele ia adotar essa estratégia. Querem apelar para isso, apelar para opinião pública. Querem me pintar de louca, desequilibrada. Eu consigo vir aqui com tranquilidade porque não que eu esteja preparada, mas tinha noção de que poderia ser usado contra mim, para me difamar, injuriar, para dizer que sou péssima mãe”, afirmou a vítima.

Pamella relatou que, por viver um relacionamento agressivo e abusivo, teve depressão pós-parto. "Era um ambiente hostil. Eu era agredida o tempo inteiro. Não só fisicamente, mas com palavras, falta de respeito. Eu fui agredida inclusive depois que cheguei do hospital, da cirurgia. Depois da complicação que tive no parto".

Desde que se separou, a influenciadora conta que não tem onde morar. "Fiquei sem casa, sem ter onde morar. Estou na casa de familiares até conseguir me restabelecer. Minha filha está sendo muito bem cuidada com ajuda da minha irmã, de uma tia minha, de primos. Está recebendo todo o amor do mundo. Eu só queria que isso não tivesse acontecendo com a minha filha. Que espécie de ser humano seria eu se ficasse feliz, se eu me sentisse vingada por tudo o que ele já fez comigo e com a Mel, também”, diz Pamella, que em seguida publicou stories mostrando a situação de sua casa e alegando que Ivis deixou ela e a filha sem recursos de propósito. Veja a imagem:

Nos stories, Pamella escreve que o Ivis deixou ela e a filha sem casa e sem recursos financeiros. Ela conta que ele gravava todas as conversas que tinham em busca de algo para usar contra ela e que, agora, ele tenta fazer passá-la de "louca". Foto: Reprodução

Pamella conclui o desabafo alegando que tentou de tudo para fazer o relacionamento dar certo, em especial pela filha do casal, mas que a violência apenas piorava. Ela relatou não saber o que fazer agora e que não queria precisar enfrentar tanta exposição. "Estou cansada, exausta. Nunca imaginei que estaria aqui sentada gravando isso, falando isso dele. Que estaria vendo minha vida exposta da pior maneira. Que estaria lendo tudo o que li sobre mim e sobre outras mulheres, também. Tenho muita coisa a ser dita, mas não cabe aqui. Isso não é o que quero fazer. Tenho fotos, imagens, vídeos, muita coisa. Eles sabem que eu tenho. Mas essa não é a maneira que quero resolver. Tive que ter muita coragem para denunciar ele, para tirar a minha filha daquilo ali que a gente vivia. Estou tendo uma força sobre humana", finalizou.