Glow News
Instagram Glow NewsYoutube Glow NewsTikTok Glow NewsFacebook Glow NewsTwitter Glow News
Comportamento » Fama de antipáticos!

Saiba quem são os famosos que dão um show de mau humor

As celebridades ganham fãs e muita visibilidade, porém, nem todas gostam da atenção. Descubra quem são aquelas que têm fama de antipáticas

Redação Publicado em 20/06/2021, às 09h00

Reprodução
Reprodução

Ao se tornar uma figura pública, conquistar fãs costuma ser uma consequência positiva, porém, algumas celebridades não gostam da atenção e acabam levando a fama de mau humoradas. O Glow News preparou uma lista de famosos que são conhecidos por darem um show de antipatia. Confira:

Galvão Bueno

O narrador de 70 anos, foi contratado pela TV Globo em 1981 e desde então já participou de muitas grandes coberturas esportivas da emissora, entre elas, dez Copas do Mundo. Foto: Reprodução

Não é surpresa que o principal nome do esporte da Globo, Galvão Bueno, já foi acusado algumas vezes de ser arrogante. Além de não dar atenção aos jornalistas ou fãs que pedem uma foto, os telespectadores da emissora já reclamaram dos comentários grosseiros do narrador esportivo durante as transmissões ao vivo.

Um exemplo foi quando, em 2016, ao conversar com o comentarista Caio Ribeiro sobre um jogo entre Alemanha e Itália da Eurocopa, o convidado fez uma brincadeira dando a entender que torceria pela seleção italiana devido ao trágico 7x1 entre Brasil e Alemanha na Copa do Mundo de 2014. Galvão não fingiu simpatia quando respondeu diretamente para Caio: "Você não está aqui para torcer, está aqui para comentar". O comentarista não é o único a sofrer os cortes do narrador. Rumores são de que vários profissionais da emissora já reclamaram das grosserias de Galvão.

Outro momento que repercutiu nas redes sociais foi quando o apresentador viajou para a Rússia em 2018. Durante um trajeto de trem entre Moscou e São Petersburgo, Galvão foi flagrado se exaltando com um funcionário. No vídeo, ele aparece visivelmente irritado dizendo "Não aponte seus dedos pra mim assim. Ponha suas mãos para baixo! Ponha suas mãos para baixo!", para os dois funcionários que pediam para ele se sentar. Posteriormente, ele explicou que estava apenas reclamando pois o haviam colocado no assento errado. Ainda assim, a justificativa não foi boa o suficiente para ele sair ileso dos comentários negativos na internet e levar a fama de arrogante para frente.

Renato Aragão

Com 86 anos, Antônio Renato Aragão ficou famoso quando a TV Globo passou a exibir o programa Os Trapalhões, em 1977. O show ficou no ar por 18 anos e alavancou a carreira do humorista. Foto: Divulgação

Apesar de ser conhecido por interpretar o eterno Didi Mocó, de “Os Trapalhões”, a realidade do ator Renato Aragão parece ser bem distante do personagem bem humorado das telinhas.

São muitos os boatos da antipatia do ator, um deles vindo direto de Victor Lustosa, diretor assistente dos filmes dos Trapalhões. O profissional conta que quando foi pedir demissão por ter recebido uma proposta de uma produtora rival, Renato Aragão reagiu de maneira furiosa e disse: “Você vai morrer de fome e não venha bater na minha porta depois”. Victor também relata que já o ouviu desprezar os outros colegas de cena. “Não preciso deles. Posso fazer a mesma coisa tendo um cachorro, um macaco e um veado”, teria comentado Didi sobre Dedé, Mussum e Zacarias.

Segundo a colunista Fabíola Reipert, profissionais da Globo também relatam que o humorista andaria sempre com seguranças pois não gosta de ser importunado pelo público.

Porém, as maiores repercussões teriam sido referentes à arrogância de Renato com prestadores de serviços. Em 2014, de acordo com o jornal O Dia, Didi teria solicitado a demissão de um manobrista de um shopping no Rio de Janeiro. Tudo teria acontecido após o funcionário pedir uma foto com o ídolo, que o negou de maneira grosseira e ainda reclamou que o assédio teria acarretado em um atraso na entrega do seu veículo.

Outro rumor seria o de que Renato Aragão teria demitido um de seus motoristas após ser chamado de “Seu Didi”, a que o comediante teria respondido: ‘Não é Seu Didi, é Doutor Renato’. Renato e sua esposa, Lílian Taranto, negaram que a situação tenha ocorrido. “Jamais demiti, demitiria qualquer motorista ou funcionário por ter me chamado de Didi. Absurdo tão grande, uma vez que nem eu mesmo consigo mais separar o Didi do Renato Aragão. Afinal, já são 50 anos de convivência entre os dois”, afirmou o humorista.

Paula Fernandes

A cantora de 36 anos começou a carreira musical com apenas oito anos de idade e desde então conquistou prêmios por músicas como "Pássaro de Fogo", "Pra Você" e "Não Precisa". Foto: Reprodução

A cantora Paula Fernandes já foi muito questionada pela fama de antipática. A imagem de arrogante participaria do fato de sempre negar fotos com fãs e até mesmo ser grosseira com os admiradores.

Algo que contribui para a imagem de grosseira é o relato de um contratante da cantora. O caso aconteceu em 2018, após um show em Taquari, no Rio Grande do Sul, quando o prefeito da cidade, Maneco Emanuel Hassen, usou as redes sociais para detonar a artista por seu comportamento. "Que legal, mas ignorou todos os fãs. Gente que veio de longe. Baita mala", escreveu.

Após a repercussão, o prefeito deu uma entrevista ao jornal Extra e disse que Paula não cumpriu o combinado que havia feito com ele: "Dentre os compromissos assumidos com a equipe da cantora (que álias, são praxe em qualquer show, pelos todos que fizemos até hoje), é receber pessoas no camarim para fotos, vídeos, etc. Fizemos promoções no Facebook e em rádios para os sorteados tirarem fotos no camarim. Nos comprometemos com apoiadores do evento etc.. Ela e sua equipe não cumpriram com este compromisso".

Quando questionada sobre alguma atitude antipática, Paula Fernandes sempre nega. "Era simplesmente a minha postura de chegar em um ambiente, eu estava ali para fazer o meu trabalho. Não estava ali para tomar cachaça com o contratante, não estava ali pra poder ficar de 'trelelê' com ninguém", relatou em entrevista ao canal "Papo de Música".

Nos últimos anos, porém, a abordagem da cantora foi outra. Ela agora afirma que, na realidade, era tímida e despreparada para tamanha atenção. “Sempre fui muito tímida, discreta, exigente, perfeccionista e disciplinada. Pra alguns, isso é sinônimo de ser 'chata'. Fiz inúmeros shows no Brasil e no exterior. Embora eu quisesse, nem sempre consegui atender toda a demanda de centenas de pessoas querendo uma foto ou um abraço", escreveu Paula nas redes sociais em abril de 2020.