Glow News
Instagram Glow NewsYoutube Glow NewsTikTok Glow NewsFacebook Glow NewsTwitter Glow News
Comportamento » Vida saudável

Médico de participantes de “No Limite” revela segredos da preparação física para o reality

O especialista contou detalhes dos treinos e metas de Kaysar, Paula Amorim e Viegas para o reality da Globo

Bárbara Blanco Publicado em 24/06/2021, às 14h21 - Atualizado às 15h48

Divulgação
Divulgação

Depois de 11 anos fora do ar, o reality show “No Limite” voltou a ser exibido pela TV Globo. A estreia aconteceu em maio e conta com um elenco de ex-participantes do Big Brother Brasil, que disputam o prêmio de R$ 500 mil.

No programa, os competidores devem superar provas e sobreviver a desafios em condições desfavoráveis. O bom desempenho nas provas é um fator decisivo no momento da eliminação, portanto, muitos dos participantes investiram pesado na preparação física antes de entrar no reality. Kaysar Dadour (BBB 18), Paula Amorim (BBB 18) e Viegas (BBB 18) contaram com a ajuda do médico endocrinologista Lucas Ferreira.

O Glow News conversou com o profissional para entender como foi o processo.

Lucas conta que o primeiro participante que conheceu foi Kaysar, por indicação de um outro profissional. O ex-BBB gostou tanto do trabalho que falou aos outros dois colegas de reality, Viegas e Paula. Os três já faziam acompanhamento há algum tempo com Lucas, quando, um mês antes do confinamento, informaram que aceitaram o convite de competir em “No Limite” e, na sequência, já passaram a mudar alguns hábitos.

“Meu objetivo maior com eles foi o preparo do corpo para os desafios que enfrentariam e as restrições alimentares. Foquei também na melhora das vitaminas e articulações. Iniciamos o trabalho de suplementação para ganho de massa muscular, o que daria a eles mais força e evitariam lesões durante as provas. Também recomendei treinarem em condições diferentes para estimular o corpo: nadar, treinar na areia, entre outros”, explica o endocrinologista que preparou um plano específico para cada um dos três competidores.

“Viegas tem uma pegada mais natural, pouca suplementação. Ele estava com alguns exames desregulados e com o percentual de gordura fora do ideal, iniciamos a estratégia de melhora da composição corporal, além da melhora dos exames e ganho de saúde. O Kaysar e a Paula tinham objetivos mais ousados. Diminuir o percentual de gordura, um corpo mais definido e com volume”. Para chegar ao resultado desejado, Lucas indicou suplementações específicas, treinos intensos e realizou tratamentos na Clínica Individuale, local onde trabalha, em Moema, São Paulo.

A preparação física deu resultado, já que os três participantes estão demonstrando muito preparo nas provas. Paula Amorim e Viegas estão competindo no mesmo grupo, o Carcará, já Kaysar é integrante da equipe Calango. Até agora, os participantes precisaram enfrentar provações que exigem concentração, sagacidade, velocidade, resistência e força, além das dificuldades diárias relacionadas à pouca alimentação e exposição ao sol em alojamentos precários.

Apesar de o foco da preparação física dos competidores ter sido chegar ao seu máximo em condições pouco favoráveis, Lucas explica que ter um acompanhamento médico é essencial no cotidiano de todas as pessoas. Muitas das práticas exercidas pelos três, pode e deve ser trazida para uma rotina diária de exercícios e hábitos saudáveis. Porém, ele destaca que é preciso sempre o acompanhamento para definir, de fato, uma meta individual para cada caso. “Sem avaliação adequada, a melhor orientação para o dia a dia é a prática regular de atividade física e uma alimentação balanceada. O sono também tem um impacto importante no dia a dia. Em relação a vitaminas e suplementação, cada indivíduo possui necessidades diferentes. Fazemos o máximo para que cada tratamento prescrito na Clínica Individuale seja o mais personalizado possível. Isso faz toda a diferença”, explica o especialista.

O médico também falou sobre a experiência de ver o programa sabendo que contribuiu para a preparação dos competidores. “Está sendo um prazer acompanhá-los. Ver as provas e notar que eles estão se destacando é muito gratificante. Eles foram para uma competição de extremos, chegaram nos seus limites. Ter os ajudado a ir além, me deixa muito orgulhoso. Espero que um deles vença o programa”. Quanto à sua torcida, Lucas diz não ter um favorito entre os três, e que foi muito imparcial na preparação. “Eles foram com espírito de vencer”, conclui o especialista.

Gostou? Acompanhe mais dicas da doutor Lucas Ferreira no Instagram: