Glow News
Instagram Glow NewsYoutube Glow NewsTikTok Glow NewsFacebook Glow NewsTwitter Glow News
Beleza » BATE-PAPO

Artistas da beleza Bruno Sodré e Rômolo Cricca abrem o jogo, falam sobre sexualidade e revelam em qual gênero se encaixam

Em um bate-papo descontraído, Sodré e Cricca falaram sobre rótulos, preconceito e carreira

Redação Publicado em 20/07/2021, às 16h53

Bruno Sodré e Rômolo Cricca - Reprodução/Instagram
Bruno Sodré e Rômolo Cricca - Reprodução/Instagram

O beauty artist Bruno Sodré recebeu o youtuber Rômolo Cricca em sua casa para baterem um papo sobre preconceito, gênero, rótulos e carreira. Ambos trabalham no mundo da beleza - Sodré é hairstylist e Cricca, maquiador. As perguntas que Bruno fez para Rômolo vieram dos seguidores das redes sociais.

Durante a conversa, um fã quis saber como foi que Rômolo descobriu o seu talento para a maquiagem. Ele contou que é de Santo André, ABC paulista e que quando tinha 10 anos de idade, começou a brincar de se maquiar e tirar fotos. Ninguém de sua casa sabia, ele tentava esconder o máximo que podia.

Rômolo ainda contou que sofreu muito bullying na escola, porém, quando adolescente, teve o apoio dos amigos, que o incentivaram a criar seu canal no Youtube de maquiagem. Nessa mesma época, ele decidiu “escancarar” sua realidade aos pais, que para a sua surpresa, o apoiaram.

“Cheguei na casa da minha mãe (meus pais são separados) e já fui tirando tudo para fora: sapato, maquiagem, roupa. A mesma coisa com meu pai. Eles ficaram do meu lado e nunca me criticaram, isso me ajudou muito. Se eu não tivesse tido esse apoio deles, não sei como seria hoje”, contou o maquiador.

Um outro internauta perguntou em que gênero Rômolo Cricca se encaixa. Então, ele foi direto e sem rodeios:

“Meu gênero é ‘Rômolo Cricca’. Não ligo para isso, não tenho rótulos. Muita gente me pergunta isso e eu sempre respondo que eu sou Rômolo Cricca. Sou livre, eu sou sobre isso. Minha vida é sobre isso, uma transformação. Tem dias que você vai me ver assim, tem dias que não. Não sinto que isso é algo que me defina. Na minha vida, eu me sinto livre"

Bruno Sodré concordou e disse que se sente igual:

"Sou assim também. É meio que um gênero fluído. Isso aí é roupa, cabelo, a gente tira e põe. Não consigo falar sou mulher, sou trans. Me vejam como eu sou, dessa forma, não vai mudar em nada", finalizou.